Definindo as Tolerâncias da Cor

O objetivo final da implementação de um processo de cor é fazer com que você consiga a cor que você quer (ou que o seu cliente queira) para o produto acabado através de um processo eficiente e simplificado. Estabelecer tolerâncias objetivas de cor durante o processo é uma maneira eficaz de manter a consistência e precisão de cores, bem como para cumprir as normas de forma mais eficiente. Leia mais aqui>



A cor pode afetar como nós tomamos as nossas medicações?

Dizem que não se deve julgar um livro pela capa, mas e os medicamentos? A cor e aparência de uma pílula fazem ela ser mais ou menos aceita pelas pessoas? Na verdade, sim. Em um estudo conduzido em 2014, foi determinado que a forma e a cor de um comprimido influenciam como as pessoas acreditam que na sua eficácia. Também mostrou a aceitação dos participantes em tomar o medicamento. Leia mais >




Construindo com luz – O future da Ciência da Luz

A ideia de se criar matéria física usando a luz pode parecer obra de ficção científica envolvendo sabres de luz e outras engenhocas fantásticas, mas não está tão longe assim como você pode imaginar.  Saiba mais >



Novos Desafios Para os Fabricantes de Alimentos Que Deixam de Utilizar Corantes Artificiais

Muitos fabricantes de alimentos estão indo au naturale e removendo corantes artificiais de seus produtos. Após um longo caminho de escândalos na coloração de alimentos que atormentaram a indústria alimentícia desde os anos 50, mais e mais consumidores começam a se queixar com os sete corantes alimentícios ainda aprovados pelo FDA. Esses corantes artificiais eram sintetizados a partir do petróleo e muitos acreditam que sua ingestão poderia causar efeitos colaterais àqueles que os consumissem. Continue lendo...>








Definindo as Tolerâncias da Cor

A cor pode afetar como nós tomamos as nossas medicações?

Construindo com luz – O future da Ciência da Luz

Novos Desafios Para os Fabricantes de Alimentos Que Deixam de Utilizar Corantes Artificiais







Espectrofotômetro CM-5

Com um sistema avançado e completo, o espectrofotômetro CM-5 é um instrumento de medição de bancada concebido para avaliar a cor e a aparência de amostras opacas, transparentes e translúcidas. Sua alta precisão e recursos avançados permitem que os usuários efetivamente analisem, formulem e controlem a cor e a aparência de sólidos, líquidos, pastas, pós, comprimidos e grânulos em um processo simplificado e mais abrangente. Saiba mais >




Como Funciona: Espectrofotômetro de Bancada CM-5
 
O CM-5 mede uma grade variedade de amostras com materiais de características distintas como líquidos, pós, pastas e grânulos bem como a turbidez de filmes, plásticos e vidro. A câmara de transmitância pode abrigar peças grandes com até 60mm de espessura! Assista ao vídeo >


Veja o arquivo da newsletter Tendência e Tecnologia das Cores Clique Aqui  


Tem uma pergunta para os nossos especialistas ou uma sugestão para um artigo? Nos envie um email.


Konica Minolta Sensing Americas, Inc. · http://sensing.konicaminolta.com.br
101 Williams Drive · Ramsey, NJ · 07446 | Tel.0800-020-1565
Copyright © 2015 Konica Minolta Sensing Americas, Inc. Todos os direitos reservados.